Descubra: 10 erros comuns que os afiliados iniciantes cometem

Quer descobrir os erros mais comuns que os afiliados iniciantes cometem?

Hoje em vim aqui pra falar de alguns erros que todos (a grande maioria) das pessoas que querem trabalhar com marketing de afiliados cometem no começo ou até antes mesmo de começarem os seus trabalhos como afiliados.

Eu sei muito bem disso. Não só convivi com pessoas que cometiam esses erros mas como eu também cometi.

O sonho de quem está começando agora no marketing de afiliados é o mesmo entre a maioria. Poder trabalhar de onde quiser, dispor de tempo para a família e ser bem renumerado por isso. Acredito que se você chegou até aqui, pense da mesma forma como a maioria pensa.

Vou falar para você que um dos pontos que não me fez ter sucesso antes no marketing de afiliados, foi um resumo de cada um desses erros. Para que você também não cometa os mesmos erros, vou listar em tópicos.

10 erros mais comuns que os afiliados iniciantes cometem.

#01 Acreditar ser fácil demais

Esse é o erro principal antes mesmo de você começar. Já ouvi até alguém me falar: “isso aí é fácil demais, só pode ser enganação. Eu tô fora!”.

Se você pensa que é algo fácil, nem pense em começar. Se você pensa dessa forma, realmente, esse negócio não é para você. 

Talvez a ideia de ganhar comissões divulgando infoprodutos pareça muito simples. E realmente é muito simples. Porém não tem nada de fácil apesar da simplicidade.

Muitos acabam desistindo muito facilmente ao ver que ainda não conseguiram fazer a primeira venda. Mas para fazer a primeira venda e manter um negócio online escalável é preciso muito trabalho e paciência.

#02 Overdose de informações.

Eu passei por essa fase muito antes de realmente ter a certeza clara em minha mente dos meus objetivos no marketing digital.

Na minha cabeça eu poderia desvendar tudo sozinho, sem nenhum mentor. Apenas observando os conteúdos que eu ia achando de blog em blog.

Após quase dois anos tentando obter toda a informação possível acabei desistindo. Era tanta coisa que eu ainda não tinha descoberto ao menos por onde começar.

Aprender a organizar os pensamentos, ir com calma. Ter apenas um mentor ou um curso para conseguir ir tirando as ideias do papel uma de cada vez e do jeito certo é o essencial.

#03 Procrastinar – amanhã eu faço!

A procrastinação é o inimigo número um dos afiliados iniciantes e acredito que não só dos afiliados, mas da grande maioria das pessoas.

Você já se pegou em alguma situação em que você para e pensa: “ah, isso eu faço amanhã”? Saiba que isso é procrastinação. Como diz o bom e velho ditado: – pra que deixar para amanhã o que pode ser feito hoje?!

Você precisa criar e estabelecer metas diárias. Com início, meio e fim. Apenas deixar para amanhã o que realmente tem que ser feito amanhã, através de uma nova meta estipulada.

#04 Não construir uma estrutura de trabalho.

Não da para falar que isso seja realmente um grande erro. Mas são pequenas atitudes que determinam o sucesso e o fracasso do empreendedor digital. 

Pensar em toda sua estrutura é um grande passo para você entrar com o “pé quente”. Como já falei em outro artigo aqui no blog, que  o escritório central de todo empreendedor digital é o blog. Mas você deve pensar dessa forma na maneira física também.

Você tem as ferramentas adequadas pra começar? Tem já definido o seu local de trabalho, onde ninguém vá perturbar você quando estiver no pico da produtividade? Sua cadeira é confortável? Enfim! Como está sendo seu escritório na vida real?

Ter um bom ambiente na hora de produzir suas ideias farão com que você consiga trabalhar com maior clareza e inspiração. 

#05 Não seguir um nicho específico.

Não definir um nicho de atuação é como se você entrasse na farmácia pra comprar remédios e descobrisse que eles só vendem eletrodomésticos misturados com itens para pescaria. Fez sentindo?

Lógico que não! Quem entra na farmácia busca encontrar medicamentos ou algo relacionado. E quem entra em seu blog, quer encontrar o que?

Bom, se você ainda não sabe me responder essa pergunta é melhor rever seus conceitos.

Você pode ter dezenas de blogs com dezenas de assuntos. Mas cada blog tem que seguir o nicho escolhido.

Vamos supor que você tem 3 blogs, emagrecimento, musculação e um outro para promover produtos evangélicos. Claro que você pode. A única coisa que você não pode é falar sobre religião no blog de emagrecimento. A menos que você crie um novo método de como emagrecer lendo a Bíblia.

Você tem que seguir a mesma linha de assunto específico em cada um dos seus blogs. E se você ta começando agora e se encaixa com outros afiliados iniciantes, o que eu mais recomendo é que foque em apenas um nicho específico.

Relacionado: Nicho de Mercado: 5 passos para você acertar na escolha

 

#06 Querer vender

Você deve estar me perguntando: “mas Guilherme, o objetivo não é vender?”

Não, o objetivo não é vender. O grande objetivo de um empreendedor é solucionar problemas. Se você quer empreender online, tem que saber a diferença entre empreendedor e vendedor.

Seja com afiliados iniciantes ou não, entender essa diferença pode mudar seu negócio hoje mesmo.

Vendedor: quer enfiar qualquer produto a todo custo para qualquer pessoa, antes que ela possa mudar de ideia fazendo você perder sua comissão.

Empreendedor: esse cara gosta de solucionar problemas. Encontrar determinado público com determinado problema. Entender e reconhecer as dificuldades desse público para que possa ajudar a resolver e encontrar uma solução viável para essas pessoas. Além de ajudar, oferece algum produto específico que possa ser complementar para resolução do problema com maior clareza.

Entendeu a diferença? Espero que sim. Nunca mais venda nada.

#07 Não entregar conteúdo de qualidade

Esse é um dos erros que eu mais observo nos afiliados iniciantes. Eu como bom pesquisador e visitador de blogs (haha) vejo muita estrutura por aí mal feita. E quanto eu digo mal feita, não falo de um design ruim. Falo de falta de conteúdo.

O que eu mais canso de ver são blogs de afiliados feitos no CTRL + C e +V. O mais legal é que obviamente esses blogs não dão certo no longo prazo e os afiliados reclamam que trabalhar online não deu certo.

Outra coisa que observei são conteúdos pela metade, onde não é entregue total valor, deixando o visitante ainda muito confuso. Isso é normal acontecer. Ainda mais para o afiliado recém iniciante. Por isso é importante sempre estar atento a sua audiência para entender o que eles mais precisam saber a cerca de determinado assunto.

Estar ligado com a sua audiência é o fator mais importante para produzir conteúdo de extremo valor. 

Conteúdo de qualidade não é aquele artigo que contém 2 mil palavras de enrolação. Conteúdo de qualidade é aquele no qual você consegue transmitir com clareza os tópicos para a sua audiência.

#08 Não construir sua própria lista de e-mails

Esse é um erro clássico que eu cometi por muito tempo. Eu mandava todo o tráfego direto para o produtor. Não ficava com um e-mail se quer de ninguém que passava pelos meus anúncios.

Não tinha nem ideia do que as pessoas que caiam lá estavam buscando.

Depois de muito engatinhar no marketing digital, descobri que a lista é o principal ativo que qualquer empreendedor digital pode ter. Acredito que seja uma etapa que muitos afiliados iniciantes não estejam levando muito a sério. 

Construir sua própria lista é construir sua base sólida. Saber quem entra no seu site, quem esta interessado em determinado assunto do seu blog, as dores e as dificuldades dessas pessoas.

Não deixe que seus visitantes saiam de mãos vazias. Conheça melhor cada um deles construindo sua própria lista de e-mails.

#09 Não focar no que está dando certo.

Vejo muitos afiliados que atiram para todo lado. Todos nós do marketing digital sabemos do poder das mídias sociais para a divulgação do nosso trabalho.

Mas você sabe qual a mídia certa focar? Facebook? Twitter? Snapchat? 

Existem diversas mídias. Na minha opinião, participar de todas elas é interessante. Mas precisamos focar na que mais da resultados.

Um dos métodos no qual eu uso pra saber qual mídia social da mais certo, é ver o engajamento das postagens e bisbilhotar a concorrência.

Usar o trackeamento de vendas é um ponto importantíssimo. 

#10 Fazer tudo sozinho.

Antes de entrar de vez para o marketing digital, eu sinceramente achava que conseguiria montar tudo sozinho. Iria descobrir algo que dali seria meu ponto de partida para o sucesso de afiliado.

Foi frustante, saber do tempo que perdi tentando descobrir tudo sozinho. Apenas tendo uma overdose de informação diária.

Buscar profissionais que possam orientar melhor você, é o principal caminho pra tirar sua ideia do papel e começar a por a “mão na massa” e observar resultados.

 

Conclusão:

Existem diversos erros de quem está iniciando nessa carreira promissora de marketing de afiliados. Ingressar no marketing digital é aprendizado constante. Dia após dia. Os afiliados iniciantes vão estar sempre em um processo de aprendizado muito grande. Por isso, aprender a “subir um degrau por vez” e saber organizar suas ideias é uma arma poderosa para estruturar seus projetos.

Esses foram, na minha opinião, os principais erros. No qual eu também passei por todos eles até dar inicio realmente no marketing de afiliados.

Errar, serve sempre como aprendizado. Mas aprender com o erro dos outros, torna a experiência um pouco mais simples.

Se você gostou do que viu até aqui, compartilhe nas redes sociais e deixe seu comentário!

 

 

Quer criar um negócio lucrativo do zero ou aumentar as vendas online?